Relatórios

Esta seção detalha as características de cada relatório disponível nas versões do Fiscal.io Monitor

Introdução

Os relatórios disponíveis nas diferentes versões do Fiscal.io Monitor são visões estratégicas resultantes da visualização das tags dos aquivos XMLs das NFe, CTE, MDFe e eventos presentes na base de dados da instalação ou do cruzamento de dados entre eles.

Cada relatório foi desenvolvido para que o usuário tenha informações úteis para o seu dia-a-dia atendendo a diferentes necessidades.

Funcionamento

Escolha o relatório desejado no menu do lado direito da tela do programa.

Ao clicar em uma das opções seu nome aparece em uma aba própria no painel. Feche o relatório clicando no "x" da aba.

Localização dos relatórios no Fiscal.io Monitor

Relatórios x Versões

Relatório

Avaliação

Gratuito

Bronze

Prata

Ouro

Enterprise

Emitidos por terceiros

x

x

x

x

x

x

Emitidos pela empresa

x

x

x

x

x

x

NFe Dados sintéticos

x

-

x

x

x

x

NFe Dados analíticos

x

-

-

x

x

x

CTe Dados sintéticos

x

-

-

x

x

x

Docs cancelados

x

-

x

x

x

x

Cartas de correção

x

-

x

x

x

x

Averbação de Embarque

x

-

-

-

x

x

NFe pendentes de transporte

x

-

-

x

x

x

CTe incorretos

x

-

-

-

x

x

CTe cobrança duplicada

x

-

-

-

x

x

Notas de devolução

x

-

-

x

x

x

Devolução CNPJ próprio

x

-

-

x

x

x

Notas recusadas

x

-

-

x

x

x

Mercadorias entregues

x

-

-

x

x

x

NFe pendentes de coleta

x

-

-

x

x

x

NFe pendentes de entrega

x

-

-

x

x

x

CTe em desacordo

x

-

-

-

x

x

Parceiros comerciais

x

x

x

x

x

x

Emitidos por terceiros

Apresenta os documentos de NFe, CTe, CTeOs MDFe e NFCe que estão na base de dados da instalação e que foram emitidos por outras empresas. Este relatório apresenta as tags principais destes documentos em formato de tabela.

NFe

As NFe podem ser apresentadas de duas formas:

  • SEM XML: as NFe sem XML são apresentadas após a consulta na SEFAZ em um formato resumido, com as informações básicas do documento. Para obter o XML é necessário selecionar a NFe (ou um grupo delas) e solicitar o download.

  • COM XML: após a solicitação do download a NFe passa a ter um ícone azul que indica que aquela NFe possui o arquivo XML final. Caso a consulta seja realizada depois que a NFe já tenha sido manifestada (no site do Portal NFe ou por outro sistema) ou que a NFe tenha algum evento a ela associada, a primeira consulta pode trazer o XML final.

CTe e outros docs

Os CTe, CTeOs e MDFe, sempre são apresentados com o XML final, uma vez que a SEFAZ já o entrega na primeira consulta realizada.

NFCe

As NFCe podem ser visualizadas neste relatório. Para isso é necessário importar estes arquivos de uma pasta externa usando as funcionalidades de integração.

Documentos cancelados

Os documentos que foram cancelados aparecem no relatório com a linha destacada em cor avermelhada.

Emitidos pela empresa

Este relatório apresenta os resumos de NFe que foram emitidos pela empresa e que tiveram algum evento subsequente associado a eles. As NFe que não se enquadram nesta situação não são capturadas pelo sistema.

Para obter o XML oficial destas NFe basta selecioná-las e solicitar o download via chaves de acesso (opção 2 de download). Verifique se sua versão permite esta modalidade de download e se há créditos o suficiente para você realizar o procedimento.

Este relatório também apresenta os CTe e MDFe quando forem emitidos pela empresa.

Documentos cancelados

Os documentos que foram cancelados aparecem no relatório com a linha destacada em cor avermelhada.

Documento cancelado

NFe Dados sintéticos

Este relatório permite a visualização de todas as informações presentes no cabeçalho das NFe: informações de impostos, origem e destino da mercadoria, transportador, etc...

O filtro por tipo de documento some quando este relatório é selecionado, pois este apresenta apenas dados de NFe.

NFe Dados analíticos

Este relatório permite a visualização de todas as informações da NFe em nível de ítem.

Os ítens são organizados por linhas sequenciais, agrupados por cada NFe.

CTe Dados sintéticos

Este relatório permite a visualização de todas as informações presentes no cabeçalho das CTe: informações de impostos, origem e destino da mercadoria, transportador, etc...

O filtro por tipo de documento some quando este relatório é selecionado, pois este apresenta apenas dados de CTe.

Documentos cancelados

Este relatório sumariza no painel apenas os documentos que foram cancelados por seus emissores.

De forma rápida o usuário tem acesso às informações específicas destes documentos como o motivo do cancelamento, a data de emissão e a data de cancelamento.

O usuário também pode chegar à mesma sumarização de documentos combinando os filtros, porém não consegue visualizar colunas específicas dos docs de cancelamento.

A totalização de documentos apresentada no menu de relatórios se refere à soma de todos os documentos cancelados sejam emitidos por terceiros, sejam emitidos pela empresa.

Totalização de docs cancelados no menu de relatórios

Portanto não estranhe se em uma visualização o número de documentos cancelados não bater com o total apresentado no menu de relatórios: os documentos faltantes devem estar em "Emitidos por terceiros" ou em "Emitidos pela empresa".

Cartas de Correção

Este relatório apresenta todas as cartas de correção que estão na base de dados do sistema e que tenham o CNPJ da empresa citado como emissor ou como tomador no documento.

Para visualizar estes dois grupos utilize o Filtro por Emissor, localizado no menu à direita da tela.

Filtrar por emissor

Utilidade básica:

  • Analisar os motivos alegados em cada carta de correção;

  • Identificar cartas de correção associadas a NFe que já foram escrituradas;

  • Identificar as cartas de correção emitidas em desacordo com a legislação.

Averbação de Embarque

Este relatório apresenta todas os eventos de NFe Averbação de Embarque, conhecidos também como Averbação de Exportação.

A Averbação de Embarque é um XML emitido pelo SISCOMEX no momento em que um item da NFe exportação foi oficialmente embarcado.

Essas informações são essenciais principalmente para empresas que fabricam mercadorias com destino já declarado para fins de exportação e que serão exportadas por um cliente exportador.

Os XMLs das averbações de exportação trazem informações como número da DU-E, data de embarque, hora de embarque, NFe de exportação, etc...

Informações relevantes para a confirmação fiscal dos processos de exportação especialmente importantes para o REINTEGRA e Lei Kandir.

Leia este artigo no blog da Fiscal.io com todas as informações relacionadas à Averbação de Embarque.

NFe pendentes de transporte

Este relatório lista todas as NFe emitidas pela empresa que possuem uma transportadora destacada como responsável pelo frete a qual ainda não emitiu o CTe ou MDFe devido.

Portanto esse relatório é importante para verificar se a NFe já está com o seu CTe ou MDFe vinculado.

Uma vez essa NFe tendo o seu CTe ou MDFe já emitido esta nota não será mais relevante para este relatório.

NFe com frete vinculado necessariamente possui um código de Modalidade de Frete:

Modalidade de Frete

Descrição

Documento vinculado

0

Contratação do frete por conta do remetente (CIF)

CTe

1

Contratação do frete por conta do destinatário (FOB)

CTe

2

Contratação do frete por conta de terceiros

CTe

3

Transporte próprio por conta do remetente

MDFe

4

Transporte próprio por conta do destinatário

MDFe

CTe incorretos

Este relatório lista todos os CTe que o sistema identifica como incorretos segundo dois critérios:

1. Citação correta da NFe

Ainda é muito comum encontrarmos CTe que citam a NFe modelo A1, que já não existe mais, ao invés de citar corretamente a NFe com chave de acesso de 44 dígitos.

Se o CTe não citar corretamente esta NFe com os 44 dígitos aparecerá neste relatório.

Se você não observar este erro e não exigir a sua reparação ficará sem lastro oficial para a recuperação de PIS/COFINS relacionado a este frete.

2. Coerência da modalidade de frete

Verifica a coerência entre o tomador do frete indicado no CTe com a modalidade de frete indicada na NFe a ser transportada. As duas informações devem ser coerentes entre si, do contrário aparecerá neste relatório.

A importância é a mesma: possibilitar que o usuário reclame com o transportador e corrija o documento para que haja lastro fiscal para a sua empresa poder recuperar os impostos deste frete (PIS/COFINS) sem criar uma não conformidade fiscal.

Motivos possíveis descritos para os erros identificados neste relatório:

  • Frete por conta do destinatário (FOB), mas CTe emitido para o remetente (CIF);

  • Frete por conta de terceiros, mas CTe emitido para o destinatário (FOB);

  • Frete por conta de terceiro, mas CTe emitido para o remetente (CIF);

  • Transporte próprio por conta do remetente, mas CTe emitido por terceiros;

  • Transporte próprio por conta do destinatário, mas CTe emitido por terceiros;

  • CTe emitido para uma NFe sem incidência de frete;

  • Referência incorreta de NFe modelo A1.

CTe cobrança duplicada

Lista os CTe que citam uma NFe que já foi citada antes e com a mesma origem e destino, configurando CTe emitido em dupilcidade.

Esta verificação desconsidera se a NFe é citada em outros tipos de CTe como CTe substituto, CTe de complemento de valores ou CTe de anulação.

Este relatório é uma auditoria de frete possibilitando que o usuário possa interceptar o pagamento do documento em duplicidade e evitar uma despesa indevida para a empresa.

Notas de devolução

Este relatório lista as NFe de devolução que clientes emitiram após receber a sua mercadoria.

O sistema apenas agrupa essas NFe permitindo a gestão mais simplificada e rápida sobre esses processos de devolução.

Há casos em que o cliente emite uma NFe de devolução sem que a sua empresa saiba e não tenha como buscar a mercadoria. Com este relatório você pode identificar rapidamente quando um cliente emite uma NFe de devolução e tomar as providências logísticas e fiscais necessárias.

Dev CNPJ próprio

Este relatório lista todas as NFe de devolução com CNPJ próprio que seus fornecedores emitiram quando a sua empresa recusou o recebimento de uma mercadoria.

Estas informações são relevantes para as empresas que optaram por não utilizar a Manifestação do Destinatário.

Quando uma empresa usa a manifestação do destinatário basta registrar o evento de operação desconhecida ou operação não realizada para anular uma operação legalmente, o que invalida a emissão daquela NFe contra a sua empresa.

Se a sua empresa não utiliza a manifestação do destinatário e recusa uma mercadoria antes de recebê-la, você precisará monitorar se o fornecedor emitiu uma NFe de devolução com o CFOP destinado para isso para neutralizar a NFe original. Se o fornecedor não fizer isso a Receita Federal exigirá que aquela NFe seja escriturada pela sua empresa, abrindo assim uma não conformidade fiscal.